Quarta-feira, 14 de Março de 2007

Hoje (todos os dias)

Hoje quero amar-te intensamente.
Amar-te como se o passado já não existisse,
Como se a história tivesse sido apagada,
As raízes cortadas,
A memória perdida.
Hoje quero amar-te intensamente.
Amar-te como se não existisse outro momento,
Como se os dias não se sucedessem mais
E houvesse apenas presente.
Hoje quero amar-te intensamente.
Amar-te como se a noite adormecesse,
E as estrelas se apagassem.
Como se a lua não aparecesse,
E o sol da manhã não viesse.
Hoje quero amar-te intensamente.
Amar-te como se fosse hoje ou nunca mais.
Como se fosse o hoje, somente,
E fosse o amanhã, jamais.

Autor: Nelson Lourenço

publicado por kanuka às 12:15
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.posts recentes

. Oi! =)

. Nem akredito nisto

. ?????????????????Porquê o...

. sem amor...

. 1º mergulho de verão

. Nomeação

. Nem acredito

. Saudade

. mais uma brincadeira..ehe...

. Mano a caminho

.arquivos

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds